domingo, 1 de janeiro de 2017

Parasita que provocou grande fome na Irlanda veio da América do Sul


O parasita das plantas que infectou as batatas na Irlanda e causou a grande fome de 1845 afectou dois anos antes as produções agrícolas dos Estados Unidos, refere um estudo divulgado esta quarta-feira pela revista PLOS ONE.

No estudo, peritos da Universidade Estatal da Carolina do Norte e da Universidade Noruega de Ciência e Tecnologia também encontraram amostras do microrganismo patogénico na Colômbia, o que sugere que o parasita é originário da América do Sul.

A teoria mais comum sobre a escassez de batata que deu origem à grande fome irlandesa, entre 1845-1849, em que morreram dois milhões de pessoas, refere que os primeiros tubérculos infectados chegaram da América do Sul.

O estudo salienta que o parasita também pode ter chegado à Europa através de um carregamento de batatas infectadas proveniente dos Estados Unidos.

No território dos Estados Unidos o parasita sobreviveu quase um século até ter evoluído para outra vertente.

Actualmente, segundo o estudo, são gastos milhões de dólares em todo o mundo a tentar controlar o parasita, que continua a atingir culturas em todo o mundo.

Informação retirada daqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...